Archive | março, 2014

VEJA COMO ESTAR SEMPRE PRONTO PARA UMA NOVA PROPOSTA DE EMPREGO

31 mar

veja-como-estar-pronto-nova-proposta-emprego-noticiaNo mercado de trabalho atual, oportunidades de emprego podem surgir e ser preenchidas das mais diversas formas possíveis, muitas vezes até inesperadamente. Será que você está dificultando seu próprio caminho para conseguir uma boa oportunidade? Descubra a seguir o que você pode fazer para aumentar suas chances de conseguir um bom emprego:

1 – Vista-se bem sempre

Vista-se de uma maneira que nunca constranja a ninguém, afinal, seu próximo chefe pode estar até mesmo onde você menos imagina: você pode encontrá-lo no mercado, na padaria… Mostre que você está pronto para conhecer qualquer pessoa, a qualquer momento.

 

2 – Apresente-se

Quando você estiver em alguma reunião ou festa em que estiver conhecendo novas pessoas, apresente-se. É claro que você não precisa entrar em detalhes, mas diga quem é, com quem trabalha, etc. Dessa forma, você mostrará que consegue desenvolver assuntos com facilidade e, de quebra, será lembrado por sua profissão.

 

3 – Tenha um cartão de visita

Um cartão de visita que tenha o seu nome completo, profissão, telefone e email para contato é uma ótima forma de não ser esquecido.

 

4 – Network

Converse com seus professores e tente passar uma boa imagem: eles talvez conheçam pessoas que poderão te ajudar futuramente. Mantenha contato também com seus colegas e tente sempre comunicar-se com todos da melhor forma possível. Network nunca é demais.

 

5 – Não negue oportunidades

Diversas oportunidades podem surgir em momentos inesperados, portanto, esteja sempre pronto. Tenha sempre o seu currículo atualizado e roupas adequadas a uma entrevista de emprego, e jamais negue qualquer chance por algum tipo de medo. Siga as dicas acima e confie em você!

SUAS REDES SOCIAIS PODEM DIZER MUITO SOBRE QUEM VOCÊ É

31 mar

suas-redes-sociais-podem-dizer-muito-sobre-quem-voce-e-noticiasSe você acha que apenas as informações citadas em seu currículo serão analisadas por recrutadores de empresas, saiba que está enganado. Com cada vez mais recursos online, o processo de seleção de candidatos também tem migrado para a internet envolvendo, inclusive, as redes sociais.

De acordo com uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, 60% dos estudantes formados não se preocupam com o impacto negativo que seus perfis podem causar em suas vidas profissionais. Não seja uma dessas pessoas. Afinal, o que você compartilha nesses sites é como uma marca digital, mostrando parte de quem você é, e as empresas não procuram por candidatos que passem a impressão de que podem prejudicar o bom andamento do trabalho.

 

Para garantir que você não tem feito nada errado em suas redes sociais, comece procurando pelo seu nome no Google. É importante que os links que aparecem nas primeiras páginas direcionem-se aos seus perfis nesses sites.

 

Depois, analise se você disponibiliza informações importantes sobre você, principalmente dados profissionais, para que recrutadores encontrem o que buscam em um candidato. Assim, você pode se destacar entre os demais que não fizerem o mesmo.

SAIBA POR QUE VOCÊ PODE PRECISAR DE UM CURSO PARA FALAR EM PÚBLICO

31 mar

segredos-para-falar-bem-em-publicoTer dificuldades para falar na presença de outros é um problema que afeta diversas pessoas, até mesmo aquelas que já têm uma carreira desenvolvida. Porém, se você tem percebido que esse tipo de adversidade o prejudica, provavelmente chegou o momento de mudar a situação. E para resolver essa questão, um curso para falar em público pode ser a melhor alternativa.

Se você é um estudante, um dos primeiros pontos que devem ser levados em consideração é a ajuda que um desses cursos poderia oferecer a você durante as aulas. Afinal, são raros os professores que não pedem um projeto que deva ser apresentado em classe e saber como se comunicar na frente de seus colegas para explicar seu trabalho é essencial para seu desenvolvimento acadêmico.

 

Além disso, ao saber opinar em frente ao público, você também passará a ouvir mais, já que muitos cursos também abordam essa questão importante. Dessa maneira, você terá mais coragem de explorar suas ideias em voz alta e perceberá a diferença não somente em sua vida profissional, mas pessoal também.

LIÇÕES DE GESTÃO QUE VOCÊ PODE APRENDER COM MARK ZUCKERBERG

31 mar

zuckerbergVocê sabia que Mark Zuckerberg teve que assistir a aulas de gestão para saber como lidar com a empresa em momentos difíceis? Essas e outras curiosidades sobre o criador do Facebook podem ensinar muita coisa para empresários e empreendedores. A seguir, confira 3 lições de gestão que você pode aprender com Mark Zuckerberg:

1 – Erros são normais

Se você deseja ser um líder e gestor de sucesso é essencial que você entenda que erros são comuns e completamente compreensíveis. Não importa o quanto você acredite que seu plano é infalível: as coisas podem dar errado e imprevistos acontecem. Zuckerberg passou por muitas situações complicadas antes de atingir o sucesso que o Facebook é hoje, mas ele nunca deixou que isso o abalasse e continuou em frente.

 

2 – Saiba quando parar

Saber quando parar ou falar não é importante para qualquer líder estrategista. No começo do Facebook, Zuckerberg decidiu criar um aplicativo chamado Wirehog, que iria funcionar junto à rede social, mas teria como principal objetivo compartilhar arquivos (músicas, fotos, vídeos, etc). Inclusive, nesse período, o criador do Facebook se aproximou do dono do Napster, Sean Parker. Entretanto, Wirehog não foi bem recebido pelos usuários, e ele apresentava constantes problemas. Com muito pesar, Zuckerberg abandonou o projeto e focou somente no Facebook.

 

3 – Conheça as suas fraquezas

Nas épocas conturbadas do Facebook, Zuckerberg se isolava e ficava distante dos problemas. Uma das suas funcionárias aconselhou que ele tivesse aulas de gestão CEO e, algumas semanas depois, todos que trabalhavam com ele começaram a ver grandes mudanças em suas atitudes. Ele passou a conversar mais com os times e participava dos novos projetos. Portanto, Zuckerberg soube escutar as críticas,entender os seus defeitos e, por isso, correu atrás de uma solução para isso.

INTERCÂMBIO: COMO ESCOLHER O DESTINO?

31 mar

destino-intercambioFazer um intercâmbio é, embora empolgante, algo que exige bastante reflexão por parte do estudante, especialmente no que diz respeito à escolha do destino. Se você faz parte do grupo de futuros intercambistas que ainda não sabem aonde ir, leia a seguir 6 dicas que o ajudarão a escolher o destino perfeito:

1 – Escolha um idioma

Primeiramente, escolha o idioma que você gostaria de aperfeiçoar durante a sua viagem. Se você tem interesse em mais de um, talvez seja hora de priorizar o que lhe parece mais importante no momento. Depois disso, procure por países cuja língua nativa seja a mesma escolhida por você.

 

2 – Vantagens x Desvantagens

Após ver a lista de países possíveis, avalie quais são as vantagens e desvantagens de cada um. Muitos países possuem programas de estímulo a estudantes estrangeiros, então vale à pena pesquisar. Veja também qual destino possui características como alimentação, transporte e moradias mais baratos. Dica:em geral, cidades do interior possuem um custo de vida bem menor do que as badaladas capitais.

 

3 – Quais são seus objetivos?

É claro que seu principal objetivo é aperfeiçoar seu conhecimento sobre uma língua estrangeira, mas, vá mais além: o que você espera dessa viagem? Se você pretende aprender um pouco mais da cultura de uma grande capital que sempre despertou seu interesse, a ideia de ir para o interior vai por água abaixo. Reflita sobre o que você espera do seu intercâmbio, sem esquecer também de planejar quanto tempo você quer passar no país estrangeiro.

 

4 – Qual a especificação do idioma que você quer aprender?

Você deseja aprender o idioma em seu nível básico, avançado, nível de conversação, comercial, de negócios… São infinitas as opções, e é bom ter em mente qual é a ideal ao seu caso, assim você não desperdiçará tempo e dinheiro.

 

5 – Escolha um lugar que se enquadra à sua personalidade

Se você é uma pessoa bastante agitada, dificilmente gostará de morar numa cidade pequena, não é? Leve isso em consideração na sua escolha: saiba quem você é e quais são seus gostos e, em seguida, pesquise sobre o estilo de vida no destino almejado.

 

6 – Saiba quais são suas limitações

Sonhar com a viagem é maravilhoso, no entanto, mantenha os pés no chão: saiba exatamente o que você pode bancar, quanto possui em dinheiro para gastar e quanto tempo poderá dispor na empreitada. Dessa forma, dificilmente você sairá frustrado e seu intercâmbio será muito mais proveitoso.

ENTENDA POR QUE OS ESTUDANTES DEVEM SE PREOCUPAR COM SUAS IMAGENS EM REDES SOCIAIS

31 mar

entenda-porque-estudantes-devem-se-preocupar-com-suas-imagens-em-redes-sociais-noticiasA tecnologia é algo cada vez mais presente no dia a dia de todos, inclusive para estudantes. Jovens das mais variadas idades acessam diariamente uma ampla diversidade de site, principalmente redes sociais, e nelas compartilham não fatos que consideram interessantes de suas rotinas. Por mais que você considere essa uma atitude normal, esteja atento: você pode se prejudicar.

Quando você compartilha muitos dados pessoais e acontecimentos de seu dia, você deixa uma marca. Todas as pessoas que têm acesso ao seu perfil nas redes sociais poderão conhecer quem você é por meio daquilo que você publica. Você já verificou se essa é realmente a imagem que deseja passar?

 

Essa é uma questão fundamental porque a impressão que pode ser criada sobre você talvez não tenha a possibilidade de ser modificada e isso é algo que pode afetar diversos aspectos de seu futuro, inclusive de sua vida profissional.

 

Por isso, tente fazer uma análise de seu comportamento na internet para concluir se ele tem sido adequado para refletir aquilo que é de fato importante saber sobre você.

ROTINAS DE ESTUDO PARA A FACULDADE

31 mar

rotinas-estudo-para-faculdade-noticiasA rotina da faculdade é bem diferente do que a do Ensino Médio: as aulas são mais longas, os professores são mais especializados e as classes são maiores. Além disso, as matérias são completamente novas para você. Para que você não se perca no meio de tantas novidades, conheça 4 rotinas de estudo que você pode seguir durante a graduação que podem ajudá-lo:

1 – Crie uma rotina

Apesar de você ter uma maior liberdade durante a faculdade para estudar, entregar trabalhos, assistir às aulas, etc., você deve continuar mantendo uma agenda de estudos regulares. Sempre anote quais trabalhos devem ser feitos e quais assuntos precisam ser revisados. Tenha horários para estudar e crie um plano para que tudo seja entregue na data limite – dessa forma, você irá evitar problemas com todos os professores e todos os semestres irão passar de forma tranquila.

 

2 – Dedique-se

Ao contrário da escola, em que algumas matérias não seriam importantes para a sua profissão e você poderia estudar só para conseguir a nota necessária, na faculdade é crucial que você realmente se dedique. Durante os anos da sua graduação, você estará se preparando para o mercado de trabalho e para a profissão que poderá ser sua pelo resto da vida. Portanto, leve a sério as aulas e todo o material didático que os professores passarem. Leia os livros indicados, guarde os textos que você estuda e tire dúvidas com os professores. Crie esses tipos de hábitos e seu tempo na faculdade será muito bem aproveitado.

 

3 – Conheça o seu ritmo

Durante o Ensino Médio, ou até mesmo o cursinho, os alunos têm muitas horas do dia para estudar e realizar trabalhos. Entretanto, quando você entra na faculdade, o seu tempo disponível diminui consideravelmente, além de ter que aguentar uma carga muito maior de matérias e trabalhos. Portanto, é essencial que você tire o máximo dos seus momentos disponíveis. Saiba priorizar as tarefas mais importantes e descubra qual horário do dia você se sente mais disposto, pois, assim, mesmo que você tenha pouco tempo, ele será bem aproveitado. Além disso, perceba os seus limites: se você começa a se sentir muito cansado depois de 45 minutos, não force a barra e dê uma pausa.

 

4 – Desenvolva o hábito da leitura

Na universidade, ler é uma atividade que todos os alunos devem fazer. Independentemente do curso, você terá que ler diversos textos, pesquisas e livros. Portanto, coloque a preguiça de lado e desenvolva o seu hábito de leitura. Antes mesmo de ir para a graduação, comece a cultivar esse hábito lendo livros que você se interesse pelo assunto. Assim que você começar a sentir prazer com a leitura, será muito mais fácil acompanhar o ritmo dos textos acadêmicos.