APRENDA A CRIAR UMA ROTINA DE ESTUDOS

22 nov

aprenda-a-criar-uma-rotina-de-estudos-noticiasA maioria das pessoas costuma fazer uma programação de estudos que inclui diversas disciplinas, livros, apostilas, conteúdos… Poucas são as que percebem que numa rotina de estudos é necessário não só determinar os horários e matérias a serem vistas, mas também o tempo de descanso, que é bastante diferente das interrupções aleatórias que fazemos ao longo dos estudos.

Enquanto as interrupções aleatórias acontecem a qualquer momento – convenhamos: geralmente quando ficamos com preguiça de seguir em frente – e nos tomam um tempo que poderia ser útil para dar continuidade ao conteúdo, os tempos de descanso servem para que possamos relaxar e dar tempo ao cérebro pra que ele possa absorver todas as informações recebidas nas últimas horas. E o melhor: não nos fazem sentir peso na consciência pensando que estamos perdendo tempo de estudo porque já estavam previstos anteriormente.

 

Como organizar, então, o tempo de estudo?

 

É claro que às vezes imprevistos acontecem e surgem oportunidades inesperadas de sair com os colegas e relaxar de diversas maneiras. Não estamos dizendo que você deve negar todos os convites de última hora que receber, mas procure estabelecer limites para eles e controlar o tempo que cada um levará.

 

Um bom modo de começar é tendo em mente a seguinte frase: mais valem 4 horas bem estudadas do que 8 horas sem que se saiba exatamente o que está sendo visto. Portanto, não monte rotinas exageradas, daquelas em que você abordaria dez disciplinas diferentes em um dia. Seja realista e sincero consigo mesmo: planeje aquilo que sabe que será capaz de cumprir.

 

Planeje descansos que realmente irão te ajudar, levem o tempo que for. Não se sinta mal caso eles tenham que ser mais longos do que os dos seus amigos, pois cada um tem o seu próprio ritmo de aprendizado.

 

Por último (mas não menos importante): caso você não saiba qual é a rotina ideal pra você, não se desespere. Geralmente demoramos um tempo até que consigamos perceber o que somos capazes de fazer… E, por mais difícil que pareça manter esse hábito, esforce-se. Do mesmo jeito que nos condicionamos a passar horas sem fazer nada, também é possível nos acostumarmos a manter-nos produtivos. Tudo é questão de tempo e persistência.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: